Academia

Em forma após os 40 anos

O treinamento de força é a melhor forma de proteção futura para o corpo, porque quando se trata de mantê-lo em forma e bem na velhice, nada supera o treinamento com pesos.

Quando você está na academia e está levantando pesos, é ao mesmo tempo bom em colocar músculos e força em consideração para o futuro. Muitas pessoas economizam dinheiro até envelhecerem e, portanto, têm um pouco mais para aproveitar quando se aposentam. Mas o que ajuda se você não tem o poder de se movimentar?

O treinamento de força é a melhor garantia de agilidade e um envelhecimento saudável, para que você também possa fazer as coisas que mais gosta em 30 e 40 anos. Isso é confirmado por pesquisas recentes.

É possível que você ainda não tenha chegado lá mas, a forma física antiga é algo que gera muito desgaste emocional. Quando você é jovem e sobe as escadas rapidamente, pode ser difícil imaginar que um dia você acabará sendo um dos idosos que passam uma eternidade subindo os mesmos degraus. Mas com o passar do tempo, a maioria das pessoas acaba reconhecendo que a idade está pesando.

 

O foco desse artigo não é o fato que você envelhecerá um dia, mas “como” você envelhece é uma questão totalmente diferente, porque você pode influenciar bastante no “como” os anos afetarão o seu corpo. Especialistas apontam que grande parte da deterioração física das pessoas idosas está provavelmente mais relacionada muitos anos de sedentarismo do que à idade.

Pesquisa

Em um estudo de 2011, os especialistas pesquisaram veteranos do esporte com idades entre 40 e 81 anos, que treinaram 4-5 dias por semana. Neste estudo, os participantes descobriram que os participantes eram surpreendentemente musculosos e funcionavam bem. Nesse sentido, os pesquisadores concluíram que a diminuição da massa muscular, força e funções que freqüentemente ocorrem em idosos não é necessariamente natural e inevitável, mas que está muito mais associada à inatividade do que à idade.

Em uma grande meta-análise de 2012, onde os pesquisadores compararam os resultados de 49 estudos, eles concluíram que o treinamento de força é uma maneira eficaz de aumentar a massa muscular em idosos.

O estudo também mostrou que é vantajoso começar o treinamento o mais jovem possível. É claro que você também pode começar algo com o treinamento de força desde tenra idade, mas se você deseja preparar bem o seu corpo para a velhice, é mais eficaz aumentar a massa muscular enquanto você é jovem ou de meia-idade.

Também não são apenas os sinais do envelhecimento físico que o impedem de levantar pesos. Você também pode manter seu cérebro afiado. Vários estudos demonstraram que o treinamento de força influencia positivamente as funções mentais dos idosos. Por exemplo, foi visto que os idosos que exercitaram a força conseguiram processar as informações mais rapidamente e tiveram melhor memória.

Além disso, eles se tornaram melhores nas chamadas funções executivas, ou seja, a capacidade de regular suas ações em relação às circunstâncias.

Obviamente, você pode ser afetado por uma doença que o enfraquece, mas se você evitar uma doença grave, foi completamente demonstrado que o treinamento de força permite manter um alto e bom nível de função até os anos.

Se, às vezes, houver falta de motivação para se exercitar, pode valer a pena pensar que você não será pago pelos benefícios do treinamento de força aqui e agora. Se você mantiver seu corpo forte, minimiza o risco de passar a velhice no sofá e pode continuar a fazer todas as coisas ativas de que gosta, além de realizar todos os sonhos que ainda não teve tempo ou dinheiro. Também é para isso que você é recompensado ao levantar pesos.

Exercite de acordo com a sua idade

Você não precisa renunciar só porque passou dos 40 anos. Mas você pode ajustar um pouco o treinamento de força, para evitar lesões e fazer o treino que melhor alinha seu corpo com os sinais de envelhecimento que surgirem.

Comece com um check-up completo

Comece com uma verificação de saúde

Se você nunca treinou força antes ou se retomou após vários anos de inatividade, convém fazer um exame de saúde com seu médico ou fisioterapeuta. É sempre uma boa ideia verificar a pressão arterial, mas talvez também seja necessário que um fisioterapeuta avalie seus ferimentos e lesões antigas, para que você não se machuque ao começar a se exercitar.

Os homens em particular geralmente só vão ao médico quando estão doentes e essa é uma das explicações de que eles não vivem tanto quanto as mulheres. Se você, como homem, está treinando com, por exemplo, aperto no peito, palpitações ou tonturas repentinas, vá ao médico primeiro.

 

Reserve mais tempo para a recuperação

Se você se exercitou vigorosamente durante a juventude, provavelmente precisará ajustar um pouco o treino ao entrar na categoria 40+. Os dias de descanso entre os exercícios se tornam cada vez mais cruciais à medida que você envelhece, pois um corpo com mais de 40 anos não está nem perto de se recuperar tão rapidamente quanto um em 17 anos. Isso significa que você pode precisar fazer uma pausa de 72 horas entre cada treino, em vez de 48 horas, especialmente se sentir um pouco de dor nas articulações como nos cotovelos, ombros ou joelhos após o treino.

Pesos pesados ​​ou leves?

Quando se trata de pesos pesados ​​com os quais você deve trabalhar, basicamente não importa se você é homem ou mulher ou se tem 20 ou 40 anos. Mas se surgirem problemas, por exemplo, na forma de dores nas costas, geralmente são os pesos mais pesados ​​os culpados. Se você não tiver esses problemas, poderá usar apenas pesos pesados, mas se sentir dor no mesmo joelho toda vez que treinar agachamentos ou ombros ao treinar o peito, poderá escolher alguns pesos mais leves e fazer mais repetições. Nos últimos anos, estudos também mostraram que é possível obter aumento da força e massa muscular, exercitando-se com pesos relativamente leves. O truque é correr quase até a exaustão e manter os intervalos entre os conjuntos relativamente curtos (30 a 60 segundos).

Mais importante para aquecer

Quando você tem 17 anos, pode acordar no domingo de manhã após um passeio pela cidade, descer até a academia, ir direto para os pesos pesados ​​e seguir com o treino: geralmente tudo isso ocorre de forma relativamente suave e automática. Quando você tem mais de 40 anos, as coisas são bem diferentes. Embora o aquecimento possa ser entediante, é mais necessário para a maioria das pessoas à medida que a idade nos alcança. Mas você não precisa gastar muito tempo no aquecimento: de 7 a 10 minutos em uma bicicleta ergométrica ou 4-5 minutos em uma máquina de remo, seguidos por alguns exercícios dinâmicos de alongamento, nos quais você alonga os músculos e as articulações dos membros, costuma fazer maravilhas.

Foco extra nas pernas e nas costas

A massa muscular não é reduzida na mesma proporção em todos os músculos. Os músculos das pernas e parcialmente nas costas são mais sensíveis ao sedentarismo e ao envelhecimento, enquanto muitas vezes se vê menos redução da massa muscular nos braços. Isso não significa que você não deve exercitar seus braços, peito e ombros, mas que você deve exercitar suas pernas e costas regularmente.

Bom treinamento!

© TreinamentoAtivo 2020 – Todos os Direitos Reservados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.